GUIA TÉCNICO

APRESENTAÇÃO E SUSTENTABILIDADE

Os pisos e revestimentos Resimix são fabricados artesanalmente, compostos por cimento específico, pó-de-pedra e aditivos que resultam num produto com resistência, durabilidade e ecologicamente correto. Trata-se de um processo artesanal, onde cada peça é única e trabalhada da mesma forma com exclusividade, tendo sempre uma reprodução fiel dos detalhes.
Também preocupada com a sustentabilidade nacional e mundial a empresa trabalha com reaproveitamento de matérias-primas e de água dentro do próprio processo produtivo, além de reproduzir produtos de imitam madeira e pedras naturais protegendo indiretamente a natureza.

UTILIZAÇÃO

Os produtos Resimix podem ser utilizados em qualquer tipo de ambiente, tanto interno como externo, pavimento ou revestimento. Possuímos uma fórmula patenteada, especialmente desenvolvida para conferir aos produtos uma elevada resistência mecânica, ao desgaste e às intempéries, dessa forma as peças podem ser aplicadas em ambientes que estejam em contato constante com a água, como piscinas e banheiros, sem problemas.

CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS

• Absorção de Água: 4,7%
• Resistência à Flexão: 15,4 N/mm²
• Carga de Ruptura: 3.179,7 N
• Resistência à Abrasão Profunda: 447 mm³
• Resistência à Compressão: 76,7 MPa

ARMAZENAGEM

Os produtos Resimix devem ser colocados na obra exatamente da mesma maneira que chegam no caminhão, ou seja, na vertical.

O local escolhido para estocagem na obra deve ser abrigado da chuva, e as peças devem ficar no piso ou contra piso (nunca diretamente no chão ou barro). É imprescindível que o chão seja forrado com plástico – antes colocando algum suporte para elevar as peças – para que não toquem no chão e que este plástico cubra totalmente o material no caso de não estar palletizado.

O produto é sensível a manchas antes da proteção. Portanto os produtos necessitam de cuidados no transporte e manuseio. Os responsáveis pela descarga e assentamento do produto deverão estar com as mãos limpas ou usando luvas para conservar as peças sem manchas.

ASSENTAMENTO

A colocação do piso deverá ser, preferencialmente, a última etapa da execução da obra, evitando assim que a execução de outros serviços possa danificá-lo (inclusive após a execução de paisagismo).

Os pisos deverão ser assentados sobre contra-piso com um mínimo de 15 dias de cura e livre de qualquer sujeira ou poeira. O trabalho deve ser executado por mão-de-obra com conhecimento em assentamento de pisos ou mármores.

É importante eliminar qualquer resto de sujeira, poeira ou nata de cimento na face do assentamento da peça.

Devido ao processo artesanal, a face inferior do piso apresenta certa irregularidade que deve ser compensada na argamassa, assegurando o correto nivelamento do piso.

Utilizar argamassa colante flexível. Recomenda-se a utilização de argamassa AC II no assentamento dos produtos aplicados como pavimento e argamassa AC III para produtos aplicados como revestimento, isso devido ao peso elevado das peças. Atentar a respeito do tempo de liberação do tráfego pós-assentamento em até 3 dias.

A distância mínima das juntas deve ser de 4 mm para bordas e pisos. Somente após 72 horas, ou mais, aplicar rejunte na junta – protegendo as extremidades da peça com fita crepe antes de umedecer as juntas e retirando a fita crepe de 15 a 40 minutos após o rejuntamento.

LIMPEZA

É muito importante que após o assentamento o piso mantenha-se coberto com plástico até a finalização da obra para evitar qualquer sujeira (não utilizar papelão).
Limpar com detergente alcalino.
Não utilizar ácidos, incluindo produtos de limpeza de base ácida, como “limpa-pedras” e outros. Se alguma área apresentar manchas ou sujeiras mais resistentes, também podem ser utilizados lixa d’água nº 240, consulte a fábrica sobre estes procedimentos.

Em áreas externas, no caso de acúmulo de sujeira na superfície do material, utilizar lavadora de alta pressão (jato leque) esporadicamente, a fim de garantir a durabilidade do impermeabilizante.
Em áreas internas utilizar detergente neutro ou alcalino.

Para manutenção, utilizar sempre detergente de base neutra e cera apropriada para proteção. NUNCA LIMPAR COM PRODUTOS ÁCIDOS.

IMPERMEABILIZAÇÃO E MANUTENÇÃO

Após o assentamento e rejuntamento em áreas internas e externas, deve-se proteger o material com impermeabilizante.

É imprescindível a utilização de produtos que protejam o piso e facilitem a limpeza de manutenção.

Antes da aplicação de qualquer proteção, o piso deve estar totalmente seco e livre da umidade de assentamento, rejuntamento e limpeza.
- Áreas externas: o tempo necessário para o piso ficar totalmente seco dependerá das condições climáticas, num mínimo de 24 horas.
- Áreas internas: aguardar um mínimo de 48 horas.

Tipos de Impermeabilizantes:
- Oleofugante e Hidrofugante: o piso não sofre nenhuma alteração estética após a sua aplicação, não forma película, mantém propriedades antiderrapantes e protege de óleos e gorduras (olefugante);
- Cera Industrial: intensifica levemente a cor e forma película protetora;
- Poliuretano Verniz: intensifica a tonalidade do piso e dá brilho a superfície, forma película protetora resistentes aos raios UV, aumenta a resistência a riscos e gorduras;
- Sistema acrílico: sistema composto por 2 produtos (primer e acabamento fosco), aumenta a resistência a riscos e gorduras;
- Verniz acrílico: não há alteração da superfície e tonalidade, não forma película sobre o piso;

Após o término da impermeabilização, deve-se fazer a manutenção com detergente limpeza diária (NÃO LIMPAR COM PRODUTOS ÁCIDOS). O Impermeabilizante protege por períodos e facilita a manutenção, não evita manchas.

Recomenda-se ainda que o impermeabilizante uma vez por ano, para manter a resistência à manchas.

Para os produtos “Piso Madeira e Piso Slim Madeira”, caso haja necessidade de reavivar a cor das peças, uma nova camada de cera pode ser aplicada anualmente ou cada seis meses. Esta cera é fornecida diretamente pela Resimix.

CUIDADOS ESPECIAIS

Por se tratar de um produto a base de cimento, as peças não têm uma boa resistência a ácidos. Então qualquer ácido concentrado irá atacar as peças, por isso produtos de limpeza a base de ácido não podem ser utilizados. Geralmente os produtos desse tipo são removedores de rejunte, que são ácidos com a função justamente de corroer o cimento. Por este motivo, na aplicação do produto deve-se evitar ao máximo “sujar” muito as peças com rejunte e efetuar a limpeza do rejunte antes do endurecimento do mesmo. E caso seja necessário à utilização de um produto de limpeza mais agressivo, deve-se sempre verificar primeiro se ele é de base ácida. Lembrando novamente que as peças têm boa resistência a produtos básicos, como Soda Cáustica, e esses podem ser usados sem problemas.

ASSENTAMENTO DO DRENA PLUS

Ecologicamente correto, o Drena Plus é a melhor opção para o aproveitamento de áreas que necessitam de permeabilidade.
Os produtos da Coleção Drena Plus apresentam altíssima capacidade drenante, superior a 98%, e é antiderrapante.
O acabamento da sua superfície é o diferencial do mercado, tem a vantagem de ter uma planaridade confortável e segura, tanto com os pés descalços ou com sapato de salto.

ASSENTAMENTO
- Espalhar sobre o solo compactado uma camada de brita de aproximadamente 7cm de espessura.
- Sobre a camada de brita, espalhar uma camada de areia de aproximadamente 3cm de espessura.
- Fazer colocação das placas usando uma linha de nylon para orientar no alinhamento e nivelamento.
- A colocação tem que ser feita de forma que as peças fiquem travadas.
- Liberação ao tráfego: Imediata.

Seguindo essas regras, teremos um piso ecologicamente correto podendo participar dos projetos com princípios sustentáveis que cada vez mais, e ainda bem, constam em nosso cotidiano.

JUNTAS
- Secas ou para um melhor acabamento superficial, utilizar granilhas de tamanho zero conforme a cor desejada despejando-as somente nas juntas.

LIMPEZA
- Jato de água e sabão neutro.

Obs.: As placas de piso não podem ser assentadas diretamente sobre a terra, pois a mesma irá entupir os vazios da placa de concreto evitando o correto funcionamento.

ASSENTAMENTO DA COLEÇÃO INTERATIVA

Coleção Interativa são elementos vazados, com design diferenciado do mercado, utilizados como solução racional e econômica no fechamento de vãos, proporcionando a ventilação, iluminação, segurança, além de proteger contra o acesso de chuva para dentro do estabelecimento.

Tem como características:
1) Baixo Custo Manutenção;
2) Fácil Instalação;
3) Durabilidade;
4) Diversidade em modelos;
5) Ventilação e Iluminação Natural.

ASSENTAMENTO
- Os elementos vazados serão assentados como alvenarias convencionais.- As superfícies que irão sofrer a aplicação devem estar isentas de qualquer tipo de sujeira (poeira, reboco, limo, etc.).
- No assentamento de apenas um elemento vazado em abertura de parede deverá ser estendida uma camada de argamassa na parte inferior da abertura, nas laterais e na parte superior da peça. A seguir, encaixar o elemento vazado na abertura observando-se o preenchimento total das juntas com argamassa, e seu alinhamento horizontal e vertical com a parede.
- Nos fechamentos que exijam mais de um elemento vazado, estes deverão ser assentados em fiadas horizontais consecutivas até o preenchimento do espaço determinado do projeto.
- Na primeira fiada, ao nível do chão, deve ser aplicada uma demão de impermeabilizante sob a argamassa.
- Recomenda-se no travamento dos painéis com altura e largura superior a 3 metros ou acima de 7 m2 de superfície, reforço das juntas com barras de aço de 4,2 mm. Este elemento de reforço deve ser utilizado a cada 1,20 metros, escondido na espessura das juntas, e solidamente fixado na alvenaria ou no concreto que o enquadre.
- Antes de ser iniciado o assentamento dos elementos vazados de concreto, deverão ser previamente marcadas e niveladas todas as juntas, de maneira a garantir um número inteiro de fiadas.
- O assentamento será iniciado pelos cantos ou extremidades, colocando-se o elemento vazado sobre uma camada de argamassa previamente estendida.
- Entre dois cantos ou extremos já levantados, será esticada uma linha que servirá como guia, garantindo-se o prumo e a horizontalidade de cada fiada.
- Se a espessura do elemento vazado não coincidir com a da parede, o mesmo deverá ser alinhado por uma das faces (interna ou externa) ou pelo eixo da parede, sendo que tais alinhamentos serão feitos de acordo com as indicações detalhadas no projeto.
- Para alinhamento vertical deverá ser utilizado o prumo de pedreiro.

JUNTAS
- Para o assentamento de elementos vazados de concreto, serão utilizados os traços de argamassas traço T4 (1:5 de cimento e areia), com juntas de 1,0 cm.
- No caso de elementos vazados com formas irregulares, a argamassa de assentamento deverá ser colocada apenas nos pontos de contato.
- As juntas de ligação entre elementos vazados e a parede deverão ser uniformes e ter espessura de 1,0 cm.

LIMPEZA
- Jato de água e sabão neutro.

Rua Pres. Prudente, 584 – S Luiz, Criciúma – SC, 88803-210
+55 (48) 3437-4445
© Resimix - Revestimentos Cimentícios. Todos os direitos reservados.
Demand Tecnologia