Dez passos para ter uma casa sustentável


Postado em 2018-11-01 14:30:33



A casa sustentável está muito mais próxima do que você imagina. Com alguns ajustes você já começa a trabalhar. Mas quais?

A casa sustentável é o sonho de muita gente. Uma tendência super em alta no mundo do home decór, a decoração com consciência ambiental vai muito além de respeito à natureza. Você economiza por gastar menos água e energia, tem uma qualidade de vida melhor e ainda, é claro, se coloca na vanguarda do que está por vir em termos de home decór.

 

A tendência é real. Já existem vários selos, tanto nacionais quanto internacionais - como o Caixa Casa Azul, PROCEL eficiência energética, LEED da Green Building, etc. -, que já estão valorizando imóveis pelo país e os tornando mais atrativos.

 

Mas a maior valorização da casa sustentável nem gira tanto em torno de dinheiro. Sua família fica mais feliz, sua casa fica maravilhosa e, é claro, seus amigos vão admirar muito os seus resultados.

 

O problema é só saber por onde começar, não é? Olha, não tem muito segredo. Você pode começar pelo básico e depois ir evoluindo os recursos à medida que a casa sustentável vai ficando mais completa. Comece com o básico, sem investir nada, e depois veja o que dá para ir instalando. Vamos ver como?

 

 

1 - Pensando na iluminação natural

 

Essa dica para a casa sustentável é grátis, desde que você tenha uma estrutura propícia. A iluminação natural é o processo de deixar que a luz do sol passe sem obstruções pela casa inteira. Mas isso não significa que a casa já precisa ser construída pensando nisso? Sim, mas sempre dá pra improvisar.

Unsplash

 

Primeiro de tudo, abra as portas e as cortinas. A casa sustentável deve deixar a luz entrar por todos os lados possíveis. Não deixe móveis grandes perto de janelas, e se você precisar mesmo de cortinas, opte pelas mais brancas e com certo grau de transparência.

 

A iluminação natural também é refletida pelo piso e pelas paredes, que precisam ser mais                        claros para fazer a reflexão. Também dá pra colocar espelhos em frente à janelas para maximizar o efeito, e pegar levem em móveis pretos também diretamente à frente da janela.

 

 

2 - Ventilação pelos ventos

 

Quando tá calor demais, a gente acaba fechando as janelas e ligando o ar condicionado, não é? E acaba que o calorão vai passando mas nós ainda mantemos o hábito, nem que seja com um ventilador. Mas esse é um hábito complicado: a casa sustentável não é aquela que gasta muita energia com resfriamento, mas a que consegue usar o poder dos ventos para se refrescar.

 

Isso é fácil de fazer: é só criar um caminho na casa sustentável para que o vento entre e saia, eliminando diferenças de pressão que podem fazer com que eles se desviem. Janelas sempre abertas, mesmo de noite, já fazem toda a diferença.

 

Portas ventiladas - que podem ter folhas que se abrem, ser no modelo persiana ou de correr - são uma ótima alternativa. Elas permitem que o vento circule por toda a casa, entrando na sala de estar e saindo na última janela. Refresque-se naturalmente!

 

 

3 - Plantas!

 

Se você quer uma casa sustentável, as plantas são presença obrigatória.

 

Com a capacidade de melhorar a qualidade do ar além de servir como ótimos ornamentos para o seu home decór, as plantas tornam sua casa viva e cheia de alegria.

 

A combinação da ventilação natural com plantas de rápido crescimento - e portanto com alta demanda energética, o que libera mais oxigênio em casa - é perfeita: aposte em trepadeiras, samambaias e plantas com mais folhas.

 

Dica: se falta espaço, invista no jardim vertical!

 

 

4 - Energia solar fotovoltaica é a flagship da casa sustentável

 

Enquanto as casas sustentáveis vão se tornando tendência, o mercado nos sinaliza seu apoio: os painéis fotovoltaicos estão ficando cada vez mais comuns e acessíveis.

Unsplash

 

Eles já são capazes de se integrar à malha elétrica existente e até gerar excedente, que é abatido como bônus nas próximas contas de luz. Grandes avanços vêm sendo feitos, e recentemente chegamos ao nosso primeiro gigawatt produzido em estações fotovoltaicas.

 

Casas, prédios governamentais e todo tipo de estrutura já estão aderindo à essa tecnologia. Para a sua casa sustentável, ter essas placas no teto é simplesmente indispensável.

 

 

5 - A casa sustentável é o primeiro passo...

 

…mas não é o único. A casa sustentável é apenas o primeiro passo, sendo que o ideal de sustentabilidade vai muito além de onde você vive.

 

Sustentabilidade é um conceito que se aplica à vida. É investir no minimalismo, é deixar de lado o consumismo exacerbado. Não adianta, sinceramente, ter uma casa com energia solar mas jogar metade da comida preparada no lixo.

 

Morar de forma sustentável é menos importante do que viver de forma sustentável. Sua vida precisa de mudança para se adequar? Aproveite que você está mudando a casa e mude também!

 

 

6 - Horta orgânica no quintal

 

A horta no quintal também é bem presente nas casas sustentáveis pelo país, e ela traz duas grandes vantagens: você reduz a compra de produtos com agrotóxicos e ainda tem seus próprios vegetais, temperos, frutas e legumes para cozinhar.

Unsplash

 

Montar a hora na casa sustentável não tem muito segredo. É só deixar um pedaço de terra adubado, plantar as sementes na época certa e ficar de olho para pragas. Receitas naturais podem impedir o desenvolvimento de pulgões e outras doenças, o que te garante uma colheita 100% orgânica e natural.

 

E falando nisso…

 

 

7 - Faça a compostagem

 

Como você lida com seu lixo orgânico da cozinha? Provavelmente só deixa para a coleta do serviço público, não é? Mas há um uso melhor para ele: a compostagem.

 

Casa sustentável faz sua própria compostagem para a horta e o jardim. Hoje já existem soluções que fazem todo o processo pra você, sem deixar cheiro e sem problemas com pragas em casa. O resultado? O melhor dos adubos para o seu quintal!

 

 

8 - Reaproveite a água

 

A água pode ser reaproveitada na casa sustentável para fins que não envolvem o consumo humano.

 

Hoje, bacias de coleta já são instaladas em pias no banheiro para dar um destino melhor para a água que vai pelo ralo, e soluções mais complexas podem até se integrar ao seu sistema hídrico e redistribuir a água automaticamente, sem que você precise se preocupar.

 

 

9 - Use biodigestores

 

O biodigestor é um equipamento que trata detritos e gera eletricidade e gás para a cozinha.

 

Esse equipamento já é um pouco caro, mas se você está buscando uma casa sustentável de verdade, com certeza um biodigestor é uma ótima opção.

 

Bactérias anaeróbicas - que não precisam de oxigênio - decompõem os detritos e liberam metano, que pode ser aproveitado em geradores especiais e para acender as chamas da cozinha. Diga adeus ao lixo e ao botijão de gás ao mesmo tempo!

 

 

10 - Pequenas ações que transformam sua casa sustentável

 

Desligue a luz quando sair de um ambiente. Abra as janelas e deixe o ar condicionado desligado. Não ligue a TV à toa. Tome banhos mais curtos. Recicle seu lixo.

 

Tudo isso é o que faz, em conjunto com a tecnologia e técnicas de arquitetura, uma casa sustentável de verdade. Pequenas ações do cotidiano, o que você come, como você vive, geram um aproveitamento muito maior da nossa estadia na Terra.

 

Não devemos esquecer de honrá-la. Nossa vida é fruto do planeta, assim como nossa existência contínua só é possível graças aos presentes incríveis que ela nos dá. Vamos dar de volta?

Unsplash

 

 

Se você se animou com a casa sustentável, saiba que outro membro da família também pode ter a dele: estamos falando da casinha de cachorro sustentável! Vamos saber mais sobre o projeto?